Nova 250 TSX traz potência das 2T em uma versão repaginada

Postado em 7 de junho de 2024.

Modelo não dispensa itens de série, mas tem no tipo do motor, seu grande destaque

Objeto de adoração dos apaixonados pelo off-road, o motor 2 tempos (2T) é um clássico do automobilismo. Este componente oferece uma resposta rápida, uma entrega ágil e é caracterizado por seus distintos sinais de fumaça, cheiro e ruídos. Embora tenha sido popular nas décadas de 70 e 80, os motores 2 tempos nunca perderam seu apelo. No Paraná, a montadora MXF compreendeu perfeitamente a mensagem das pistas.

“Trouxemos uma moto potente, ágil e robusta, que incorpora toda a adrenalina característica do motor 2 tempos”, compartilha Luiz Henrique Fontes, diretor técnico da marca. Essa descrição envolvente reflete a essência da nova MXF 250 TSX, agora disponível nas revendas parceiras da empresa em todo o Brasil.

A nova moto é inspirada na sua versão anterior, a 250 TS, e segue oferecendo muita potência para pilotos amadores e profissionais. Não se trata apenas de uma evolução simples, mas sim do lançamento de um produto que abrange todo o universo off-road, com diversos itens de série e um preço bastante acessível.

Tão emblemático, o apelo para o modelo do motor determinou todo o destino das peças de marketing. Vídeos, posts e outros materiais mostram a vida exatamente como a peça: trabalho e descanso, praia e campo, calmaria e agitação.

A equipe da MXF também destaca os itens mais importantes presentes na nova 250 TSX. O lançamento está equipado com um guidão 997, que proporciona controle nos terrenos mais difíceis; mesas CNC Cross Fixed e aros especiais da série Enduro; punhos Lock on, que garante uma substituição mais ágil e pratica quando necessário; e um protetor de pinhão, para preservar a integridade mecânica em todas as situações. “A moto ainda conta com sistema link CNC e ventoinha automática, combinando potência bruta com controle refinado”, observa o diretor técnico.

Outra peça presente na TSX é o pedal de partida, um acessório responsável por iniciar o funcionamento do motor a combustão. Com uma história que remonta aos modelos de motos britânicas do início do século 20, o pedal de partida continua sendo de extrema importância. “Algumas marcas já retiraram o pedal das motos por considerá-lo dispensável.

No entanto, na realidade, o pedal otimiza o uso da bateria. Imagine uma moto como essa em uma competição. Ela exige múltiplas partidas, o que pode resultar em superaquecimento e comprometer a partida elétrica”, explica o técnico. O item, que é de série, acompanha a moto e, no final das contas, acaba não apenas como um diferencial, mas também como uma economia. “Um pedal de partida custa em torno de R$ 3 mil. Nossa moto já vem com ele, completa”.

Assim, o lançamento desta nova motocicleta para trilhas representa uma grande adição ao mercado brasileiro, proporcionando uma experiência única para aqueles que desejam explorar a natureza, superar obstáculos e criar memórias inesquecíveis com esse passatempo tão apreciado por milhares de brasileiros.

“Nosso compromisso como montadora vai além de simplesmente produzir motocicletas. Buscamos constantemente proporcionar produtos de alta qualidade a preços acessíveis, visando democratizar o acesso ao off-road e tornar essa experiência possível para um público mais amplo. A nova moto representa um avanço significativo nessa jornada, com melhorias consistentes que visam garantir sua excelência e sucesso entre os usuários”, compartilha Fontes.

SERVIÇO

Para conhecer o novo modelo, basta visitar um dos revendedores e parceiros da MXF, localizados em vários estados do Brasil. Nas redes sociais da MXF, também é possível encontrar detalhes da nova moto e visualizar todas as peças de lançamento do produto.

MAIS INFORMAÇÕES

Sobre a nova 250 TSX: https://mxfmotors.com.br/produto/250tsx/

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

© 2024 Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Visuality