ISDE: saiba mais sobre evento off-road para motocicletas mais antigo

Postado em 5 de novembro de 2019.

Considerada a copa do mundo do Enduro FIM, o ISDE é disputado desde 1913 e reúne equipes de várias nacionalidades. A edição de 2019, contudo, será disputada em Portugal, na cidade de Portimão, região de Algarve, destino turístico famoso pelas costas litorâneas, povo hospitaleiro e gastronomia apurada.

A equipe oficial brasileira será formada pelos pilotos Vitor Borges Garcia, MXF 250RXi – categoria E1, GustavoPellin, Husqvarna FE 450 4T – categoria E2, Maurício Fernandes, Husqvarna FE 250 4T – categoria E1 e Jesus Fernandez, Husqvarna TE 300 2T – categoria E3. Os pilotos brasileiros enfrentarão seis dias de provas e qualquer reparo mecânico como troca de pneus e outros itens devem ser realizados pelos próprios pilotos, tornando a disputa ainda mais complexa.

Como serão as provas do ISDE

Os dois primeiros dias de provas terão o percurso de 290 km por dia, completando 4 voltas, chamado de “The Menhir Route”. Os dias 3 e 4 terão o percurso de 310 km por dia, completando 4 voltas, no “The Monchique Challenge”. No dia 5 é a vez do “Crossing the Barrocal”, 280 km por dia, sendo 2 voltas. E completando o desafio, no sexto dia é o teste de velocidade, disputada em uma pista de motocross. O total percorrido será 1.500Km.

A MXF Motors vai com tudo e conta com o apoio da Borilli Racing, Biker Acessórios, Renova Grafix, Belparts, GaiaMX, Baterias Motobatt, Motul, Italian Braap, BMS Racing e Ferzza.

Percursos emocionantes

Os dois primeiros dias de provas terão o percurso de 290 km por dia, completando 4 voltas, chamado de “The Menhir Route”. Os dias 3 e 4, contudo, terão o percurso de 310 km por dia, completando 4 voltas, no “The Monchique Challenge”. No dia 5 é a vez do “Crossing the Barrocal”, 280 km por dia, sendo 2 voltas. E completando o desafio, no sexto dia é o teste de velocidade, disputada em uma pista de motocross. Dessa forma, o total percorrido será 1.500Km.

Essa será a primeira vez que uma montadora brasileira coloca à prova uma moto no ISDE. Diferentemente da moto usada no Brasileiro de Enduro FIM, dessa vez entra em cena a versão injetada, a MXF 250RXi, duramente testada na prova mais difícil do mundo. Além disso, vai ganhar grafismo exclusivo, usando as cores do Brasil para a disputa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

© 2020 Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Visuality